quinta-feira, 22 de abril de 2010

Spreading the Word, According to the Science Gospel.

No dia 4 de Março fui falar na Escola Superior de Gestão do Porto numa conferência intitulada Ignite, integrada na Ignite Global Week onde durante uma semana, um pouco por todo o mundo, se realizaram centenas de conferências com o formato Ignite.
Para quem ainda não conhece, o formato original das conferências Ignite é o seguinte:

20 slides
15 segundos entre cada slide

Ou seja, no total estaremos a ouvir palestras de cinco minutos. O lema deste tipo de conferências é "Enlighten us, but make it quick!".
Visto que fui convidado para ir falar com muito poucos dias de antecedência e ainda não conhecia o formato, cometi algumas gaffes e afastei-me um pouco do conceito original. No entanto acho que a ideia passou e embora tivesse nervoso por não ter treinado, fui muito bem recebido e no final tive um feedback bastante positivo.
Fiquem então com o vídeo da minha apresentação sobre comunicação em ciência e um resumo do que poderão ver nos cinco minutos seguintes.

"Num mundo sempre em mudança onde a velocidade dos desenvolvimentos suplanta a nossa habilidade para compreender profundamente as suas implicações, o papel do investigador deverá ser também o de um comunicador. Embora haja um grande fosso entre a forma como a ciência é comunicada entre pares e a maneira como ela é transmitida pelos media ao público,é um fosso que merece ser encurtado. Visto que é muito complicado fornecer informação científica de qualidade ao público em geral, o nosso papel é tentar inspirar quem nos ouve de modo a que o ponto de auto-estudo seja atingido. Só assim conseguimos que a informação científica e todas as suas implicações seja verdadeiramente transmitida."

1 comentário:

Letícia disse...

Olá amigos, deixo aqui a minha dica:
A Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia da América Latina e do Caribe (Red-POP) recebe até 15 de novembro, propostas de trabalho para a 12ª Reunião Bienal (http://www.mc.unicamp.br/redpop2011/) que acontece no Brasil, organizada pelo Museu Exploratório de Ciências (MC), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de 29 de maio a 2 de junho de 2011.
Com o tema “A profissionalização do trabalho de divulgação científica”, o encontro aceitará tanto trabalhos de pesquisa, de caráter acadêmico, quanto de profissionais da área, interessados em relatar suas experiências. Cinco eixos temáticos vão nortear a 12ª Reunião: Educação não-formal em ciências; Jornalismo científico; Programas e materiais para museus de ciências: materiais e práticas concretas; Museografia e museologia científica; Público, impacto e avaliação dos programas.